1 Paginação

paginacao

Nesta etapa o projeto é paginado de forma a contemplar o tamanho real do comprimento dos dutos, sem alterar as dimensões do duto, nem posicionamento de grelhas e difusores.

O comprimento ideal para nossos dutos TDC é de 1100mm, garantindo 0% de perda de material neste caso. As chapas utilizadas provém de bobinas com largura 1200mm, sendo que 100mm são utilizados para a confecção das flanges de junção. Na produção das conexões, a perda de material é de aproximadamente 15%.

Ao final da obra, a média de perda de material é de 10% utilizando-se dutos TDC em projetos paginados, enquanto os projetos com dutos convencionais chegam a perder 30% de matéria prima.

2 Tracejado da Peça
tracejado
Nessa etapa, o funileiro desenha na chapa a forma, nas medidas reais, do acessório a ser fabricado (curvas, reduções, tampas finais entre outros).
3 Vincos Estruturais

vincos-estrut

Nesta etapa são produzidos nas chapas vincos estruturais do tipo “bearder” com espaçamentos de 300mm entre cada um. Eles são de extrema importância estrutural, pois evitam deformações nos dutos (flambagem).

Estes vincos seguem a norma NBR 16401-1:2008.

4 Cravamento das Juntas Longitudinais
cravamento
Esta etapa produz o perfil para o cravamento longitudinal do duto, tipo “Pittsburgh”, conforme a norma NBR 16401-1:2008. Este tipo de cravamento é normatizado para pressões de até 2500 Pa.
5 Flange TDC
flange
Após as juntas longitudinais, são perfiladas as flanges tipo TDC citada na norma NBR 16401-1:2008.
6 Dobragem dos Dutos

dobragem

Nesta etapa o duto é dobrado em 90º em sentido longitudinal. Essa dobra deve ser feito em uma máquina específica, com dentes inferiores para permitir que o duto seja dobrado sem prejudicar a flange TDC.

7 Fechamento dos Dutos

foto-mecdutos2

A fim de otimizar o frete dos produtos, o fechamento dos dutos é realizado próximo ao local de instalação, de forma simples e eficaz.